Tendências do mercado imobiliário e da construção civil para 2021

Tendências do mercado imobiliário e da construção civil para 2021

O ano de 2020, sem dúvida, foi de muitos desafios. Com todas as adversidades causadas pela pandemia de Covid-19, os impactos na economia, claro, foram muito grandes. No entanto, quando se fala em mercado imobiliário, as consequências do novo coronavírus foram amortecidas por um setor resiliente e que soube, rapidamente, reinventar-se. 

Isso porque as expectativas para 2020 eram muito boas, e mesmo com a pandemia, houve um aquecimento significativo nas vendas do mercado imobiliário. De acordo com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), no segundo trimestre de 2020, o número de vendas de imóveis cresceu 10,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, o que demonstra tanto a solidez do mercado quanto a grande procura por casas e apartamentos. 

E como vai ser em 2021? A Execute, neste post,  vai mostrar, com mais detalhes, todas as tendências para o mercado imobiliário e para a construção civil no próximo ano. Confira! 

Mercado imobiliário aquecido

Como vimos anteriormente, o mercado imobiliário seguiu a tendência de aquecimento em 2020, porém, claro, houve uma retenção nas vendas de imóveis por conta das instabilidades econômicas, o que é perfeitamente compreensível. O cenário é o seguinte: houve crescimento, porém seria muito maior caso não houvesse a pandemia. 

Na prática, isso significa que as vendas foram reprimidas. Ou seja, a alta demanda ainda está presente no cenário do mercado, apenas esperando por um momento de maior estabilidade. Por isso, a tendência para 2021 é de um grande crescimento, afinal, com a vida retomando a normalidade, a economia voltará aos trilhos. 

Inclusive, alguns economistas apontam para a possibilidade de um novo boom do mercado imobiliário, como visto entre os anos de 2008 e 2013, nos quais o setor imobiliário e da construção civil viveram um momento de grande crescimento. 

Tendência de juros baixos 

Os juros praticados no Brasil nunca estiveram tão baixos. Isso porque a taxa Selic, que é a base dos juros adotada na economia, chegou ao patamar de 2%, o que é um recorde histórico. Desse modo, o crédito se torna mais barato e isso influencia diretamente os financiamentos imobiliários, na medida em que as parcelas ficam com valores menores. 

Essa é a boa notícia para 2021. A taxa Selic vai se manter em níveis baixos durante o ano que vem, pelo menos é o que aponta o Boletim Focus, que é o relatório semanal emitido por economistas do Banco Central sobre as principais variáveis da economia do Brasil. A tendência, portanto, é de juros oscilando entre 2,5% e 2,75%

Mais investidores 

Uma forte tendência para 2021 já é percebida pelo mercado imobiliário em 2020um número maior de investidores no setor imobiliário. O fato, claro, tem muita relação com a taxa Selic, afinal, com os juros mais baixos, a rentabilidade de quem investe, por exemplo, em renda fixa, diminui consideravelmente. 

Assim, aumenta a demanda de investidores à procura de imóveis para investir. O mercado imobiliário é considerado uma moeda forte, o que, na prática, significa que é um setor sólido para investimentos, gerando boa rentabilidade, oscilando muito pouco diante das instabilidades econômicas e, claro, oferecendo muita segurança ao investidor. 

Apartamentos compactos de alto padrão 

Nesse contexto de aquecimento do mercado imobiliário, o segmento de imóveis compactos de alto padrão, sem dúvida, é o que mais chama a atenção. Pois, além de explorar uma nova modalidade de investimentos, o segmento também se desenvolveu muito com a demanda gerada a partir de apps de aluguel de curta temporada.

Assim, os imóveis compactos de alto padrão, como o LIV., da Execute, ganham destaque, justamente por conectar demandas importantes, como qualidade construtiva, infraestrutura voltada a atender todas as necessidades dos moradores, arquitetura contemporânea e serviços exclusivos, preparado para receber hóspedes de plataformas como Airbnb. Essa, com certeza, é uma das principais tendências do mercado imobiliário e da construção civil.

Em 2021, o cenário para o mercado imobiliário é otimista, criando um ambiente adequado para um bom investimento no setor, e pode ser o ano para você fazer um excelente negócio. A Execute é sua parceira para novos projetos de vida! Conheça com mais detalhes os nossos empreendimentos clicando aqui

Gostou das nossas dicas? Acompanhe o blog da Execute e fique por dentro de mais conteúdos sobre o mercado imobiliário!

Apartamento mobiliado: a facilidade que você precisa para fazer negócio

Apartamento mobiliado: a facilidade que você precisa para fazer negócio

Vivemos na era da hiperconectividade e da instantaneidade, marcada, principalmente, pelas mudanças profundas nas relações humanas e no consumo. As tendências no mercado imobiliário, por exemplo, hoje trazem conceitos contemporâneos ligadas, sobretudo, à praticidade quando o assunto é fazer a compra de um apartamento.

Em geral, as pessoas têm optado por economizar tempo e dinheiro, a fim de priorizar experiências e agilizar a rotina. Nesse contexto, um apartamento mobiliado se tornam opção quando se visa à facilidade na hora de fechar um negócio. Seja para morar, seja para alugar, ter em mente a praticidade de um apartamento pronto para viver, mesmo que por pouco tempo, é uma grande vantagem.

Neste post, portanto, nós, da Execute, vamos trazer mais detalhes sobre as vantagens de um imóvel mobiliado e toda a facilidade que esse tipo de negócio pode trazer a você. Confira!

Facilidade para quem quer investir

Um apartamento mobiliado é um excelente recurso para quem deseja investir. Justamente devido às novas tendências, muitos investidores escolhem esse tipo de empreendimento para alugar, gerando renda passiva sem preocupações. É importante, portanto, pesquisar por empresas competentes e de confiança para garantir um bom negócio.

A Execute oferece essa facilidade para quem deseja investir, visando sempre à tranquilidade e à praticidade. É, sem dúvida, uma boa maneira de agilizar investimentos, sobretudo para quem busca aluguéis de curta temporada, como os realizados pelo AirBnB. Com o LIV., por exemplo, você conta com uma gestora de locações, assim, o apartamento mobiliado e equipado estará apto para rentabilizar o investimento. Saiba mais detalhes aqui.

Praticidade

Mudar-se para um novo apartamento nem sempre é tão fácil. Além das burocracias de aquisição, muitas vezes, você gasta tempo demais na escolha do mobiliário e dos equipamentos que vão compor o lugar. Ir para um apartamento mobiliado, portanto, traz dois principais benefícios para você na adaptação ao imóvel: rapidez na mudança e na adequação à rotina.

Muitas pessoas compram o apartamento, realizam toda a parte burocrática da aquisição e, depois, projetam a ambientação do interior de cada cômodo do imóvel. Só então realizam a mudança de fato, indo viver no apartamento. O processo, por mais que sirva para deixar o ambiente personalizado, é muito demorado e, muitas vezes, mais caro. Por isso, optar por um apartamento já mobiliado economiza um tempo precioso.

O pragmatismo de um apartamento mobiliado também se relaciona com a rotina. Isso porque, em alguns casos, o novo morador se muda antes do apartamento estar completo, o que acarreta a necessidade de despender tempo para receber, organizar e instalar os móveis novos. No caso de um apartamento mobiliado, entretanto, seu lar estará completo, evitando uma preocupação a mais para lidar na rotina, e você poderá incrementar com detalhes que trazem a sua personalidade ao lugar.

Economia

Por oferecer a vantagem da praticidade, apartamentos mobiliados têm um valor maior quando comparados aos vazios, no entanto, em geral, o valor não é maior quando se compara com o que seria gasto na compra de toda a mobília nova. Além disso, também deve-se pôr na ponta do lápis os custos extras com arquitetos e com entrega e instalação dos móveis e dos equipamentos. Ou seja, tanto para alugar quanto para comprar, imóveis mobiliados também podem oferecer vantagens financeiras.

Adequado ao estilo de vida

Optar por um apartamento mobiliado também está muito associado ao estilo de vida do morador e do momento em que vive, isto é, existem mais vantagens, principalmente quando se é estudante, se tem a rotina muito agitada por conta do trabalho ou se deseja investir para alugar. Planejar o seu imóvel, deixando-o da melhor forma possível, pode ser mais complicado no estágio da vida em que você se encontra, por isso a economia de tempo e de dinheiro é fundamental para deixar o seu dia a dia mais estável.

Evidentemente, antes de comprar ou alugar um imóvel, muitas dúvidas vão surgir. É natural. O importante é organizar os gastos e entender as vantagens que o apartamento vai oferecer a você! Gostou das nossas dicas? Nós, da Execute, sempre estamos dispostos a ajudá-lo a fazer um excelente negócio! Para ficar por dentro de mais conteúdos, acesse o nosso blog!

Leia mais: Em busca de um imóvel ideal? Veja 4 características de um bom empreendimento

Estilo de vida contemporâneo: o que se procura em um apartamento?

O que esperar do mercado imobiliário no segundo semestre? A Execute mostra a você!

O que esperar do mercado imobiliário no segundo semestre? A Execute mostra a você!

Artigo assinado por Amanda Cecere, engenheira e sócia-fundadora da Execute

O primeiro semestre do ano foi marcado por uma série de desafios para os mais diversos segmentos do mercado. Devido à pandemia mundial  da COVID-19, diferentes empresas, marcas e negócios foram impactados e passam por reformulações em busca de recuperação. No mercado imobiliário, o cenário não é muito diferente, embora ainda seja promissor para 2020

A expectativa do início do ano de retomada do setor continua presente. Desde 2017, indicadores mostram a gradual reação do mercado imobiliário frente ao cenário econômico. Atualmente, os estímulos à retirada de crédito com os menores juros já praticados no Brasil e os períodos de carência para realização de financiamentos imobiliários mostram que a aposta no segmento imobiliário é a escolha que oferece maiores vantagens para quem investe.

Pensando nisso, separei para você em alguns tópicos o que podemos esperar do mercado imobiliário no segundo semestre de 2020. Vamos conferir?

Reaquecimento do mercado imobiliário

A tendência de crescimento do mercado imobiliário nos últimos anos estava bem visível nos números do setor, sobretudo nos produtos de alto padrão. A título de exemplo, segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon – SP) e a Fundação Getúlio Vargas, o crescimento do PIB no setor foi de 2% em 2019 — o que significou uma quebra da sequência negativa dos anos da crise. 

O clima positivo entusiasmou investidores no começo do ano, mas, como sabemos, a pandemia do novo coronavírus gerou muita insegurança em quem investe. No entanto, como alguns prognósticos realizados por especialistas têm nos mostrado, o mercado imobiliário deve manter um patamar de crescimento, impulsionado pela demanda e pelos estímulos de juros baixos e facilidades no pagamento financiado.

A Taxa Selic, ferramenta utilizada pelo Banco Central para a realização das políticas monetárias de controle inflacionário, cuja influência atinge todas as taxas de juros do país, como as de empréstimos, de financiamentos e de aplicações, está, atualmente, em 2,25% — número nunca antes registrado na história —, e com tendência a cair ainda mais. Isso significa que financiar um imóvel está mais barato, o que na prática revela a vantagem de investir no mercado imobiliário neste momento, na medida em que a compra nunca foi tão facilitada.

Além disso, instituições financeiras como a Caixa Econômica Federal também injetaram estímulos no mercado imobiliário. Com extensão maior nos prazos de pagamento dos financiamentos, facilita-se a aquisição do bem. Assim, conforme a economia for retomando o passo, o imóvel segue com uma tendência à valorização, o que acaba por aumentar consideravelmente a rentabilidade do investimento.

Novos modelos de negócios

No segundo semestre de 2020, a tendência é a retomada gradual do patamar de 2019, no qual o estímulo à venda também incentivou a criatividade dos negócios. Atualmente, com os recursos dos aplicativos digitais, a relação de aluguel modificou a intenção dos investimentos. Isso porque a rentabilidade na locação por temporada é maior do que o aluguel convencional. Com isso, muitos investidores adquirem imóveis para ofertá-los temporariamente por plataformas como o Airbnb, garantindo um negócio mais lucrativo e atraente. 

Por isso, é muito importante que o investidor se atenha antes da aquisição do imóvel à possibilidade do empreendimento se adequar às características do aluguel de curta temporada, pois muitos prédios não são preparados para esse tipo de uso, podendo gerar dores de cabeça no futuro. Portanto, para garantir um investimento que renda mais, com rapidez e segurança, é importante comprar um imóvel que seja planejado para esse fim. Já existem, inclusive, muitos lançamentos no formato, sendo uma das principais tendências do mercado imobiliário em 2020.

Além disso, é essencial apostar na localização, na qualidade e na praticidade que o imóvel pode oferecer. Também é preciso analisar os diferenciais do produto, a exemplo de concierge 24 horas, loja de conveniência, opções de lazer, trabalho e espaços de convívio. Pensar nesses detalhes vai garantir com facilidade o aluguel de curta temporada.

Segurança no investimento

Investir no mercado imobiliário é, historicamente, muito estável, o que consequentemente traz mais segurança para você desfrutar de uma renda maior após a operação. Os imóveis são imunes à inflação e às instabilidades do mercado de ações, além de serem bens duráveis, que, inclusive, ultrapassam gerações. 

Os empreendimentos imobiliários também proporcionam vários modelos de negócio: venda, locação e, como vimos, o aluguel de curta temporada. Todos acabam gerando excelentes resultados de renda. Investir no mercado imobiliário está, sem dúvida, no portfólio de todo bom investidor, sobretudo em um momento pós-pandêmico, que apresenta desafios a todos. As boas condições para aquisição do ano de 2020 garantem, assim, um patrimônio seguro e lucrativo.

Portanto, as expectativas para o mercado imobiliário no segundo semestre deste ano são de retomada e de boas oportunidades para os investidores. E, nós, da Execute, queremos que você faça ótimos negócios. Compartilhe conosco as suas expectativas nos comentários e entre em contato para saber mais detalhes dos nossos empreendimentos!