É impossível falar sobre valorização no mercado imobiliário sem tocar na localização de um imóvel. Afinal de contas, a área onde o empreendimento está inserido é, muitas vezes, o fator decisivo na hora de comprar ou alugar um imóvel. Neste post, vamos explorar como ter uma boa localização pode contribuir para que seu imóvel seja valorizado. Continue lendo.

Boa localização não é apenas estar em um bom bairro. É ter uma vizinhança agradável, com rede de serviços otimizada, onde há fácil mobilidade. O que, quando somado, acarreta em qualidade de vida ao morador ou hóspede. 

Para quem aluga ou compra o imóvel para morar, isto tudo significa uma rotina facilitada, com conveniência e comodidade. Para quem investe, isto se traduz em alta procura e maior rentabilidade do imóvel.

Rentabilidade para quem investe

Ao alugar ou se hospedar em um imóvel, o inquilino busca, primeiramente, pela localização ideal. Mas é claro que entram também nesta equação os features do produto, como serviços oferecidos e infraestrutura. 

Um imóvel que esteja localizado numa zona central, perto de transportes, mercados e outros serviços essenciais vai sair na frente de outros concorrentes.

É o caso do LIV., que será o primeiro empreendimento de studios a ser entregue na região na categoria dos compactos. Este é o projeto para quem quer rentabilizar alto, com a possibilidade de alugar o imóvel por curta temporada. A localização por si só, no coração do Petrópolis, já torna o empreendimento altamente valorizado. E as possibilidades de uma infraestrutura moderna e pensada para novos tempos e novos consumidores garantem o alto retorno no investimento.

Leia também: Moradia On Demand — por dentro do novo conceito imobiliário

Qualidade de vida para quem mora

Quando a localização e a proposta do empreendimento combinam, a valorização é garantida. Um bairro familiar e tranquilo, com áreas verdes na redondeza, vai ser perfeito para quem quer um imóvel que sirva de refúgio para desacelerar — mas sem perder a conveniência. 

É o caso do Montjuïc. Além de ser o maior um dormitório da região do Jardim Botânico, o empreendimento está localizado do ladinho da Praça Nações Unidas. E isto permite que os moradores possam incluir em suas rotinas o contato com a natureza, seja para passear, fazer esportes ou simplesmente curtir a vista. 

E o Jardim Botânico ainda tem a vantagem de ser um bairro plano. Isto facilita a rotina de quem prefere andar de bike ou fazer seus afazeres sem precisar do carro.

Leia também: Conheça os detalhes encantadores do bairro Jardim Botânico

Como escolher o imóvel ideal

Seja para o aluguel de curta ou longa temporada ou para compra, o imóvel precisa refletir o seu momento de vida. A localização pode tornar a sua experiência melhor ou pior. Por isso, é importante estudar bem os bairros do seu interesse e buscar pelo empreendimento que combinem com os seus pré-requisitos. 

Vale sempre considerar pontos como: rede de serviços (mercados, padarias, farmácias, lavanderia, etc), mobilidade urbana (quer você ande a pé, de bicicleta, carro ou transporte público) e o “estilo” do bairro (um bairro mais boêmio, mais familiar ou mais dinâmico).

Leia também: Em busca do imóvel ideal? Veja 4 características de um bom empreendimento

Potencial de crescimento da localização

Para finalizar, o potencial de crescimento é importantíssimo e não deve ser desconsiderado. Isto é quase obrigatório para quem está investindo, mas também impacta quem vai alugar ou morar. Um bairro em expansão, que está sendo modernizado e segue recebendo investimentos, aumenta consideravelmente sua curva de valorização e você só tem a ganhar com isso.

A Execute conhece muito bem Porto Alegre. E não à toa escolheu duas regiões muito prósperas para os seus empreendimentos Montjuïc e LIV. Jardim Botânico e Petrópolis são dois bairros em constante crescimento e que serão vizinhos do novo shopping da capital. Para ler mais, visite o post: Shopping Belvedere — um novo complexo para valorizar a região.

Quer saber mais sobre os empreendimentos da Execute? Entre em contato e fale conosco.

Se você gostou deste texto, achamos que pode gostar também: